Testando a cura – The Human Trial

528281210_960x540

Qualquer medicamento desenvolvido no mundo passa por vários processos até chegar às farmácias/hospitais. Os primeiros testes, geralmente são realizados em “ratos de laboratório” e posteriormente realizados em humanos.

Para que os testes em humanos sejam realizados, além de comprovar que o tratamento/medicamento é eficaz em ratos, os responsáveis também devem provar que não existe risco à saúde/vida dos humanos que serão voluntários no teste.

Isso faz com que o processo de desenvolvimento de novos medicamentos seja caro, demorado, e mais importante ainda, seguro, ou o mais seguro possível.

Nos EUA, o órgão responsável por autorizar os testes é o FDA, que também autoriza produção e distribuição de medicamentos em território americano.

Boas notícias

Em 2015 a ViaCyte, um dos melhores laboratórios americanos recebeu autorização do FDA para realizar testes, de uma possível cura para o diabetes, em humanos.

Mais de 90 anos depois da descoberta da insulina a ViaCyte foi autorizada a realizar o primeiro teste em humanos para uma possível cura para o Diabetes tipo 1.

O tratamento que usa células tronco, retiradas de embriões (um único embrião é capaz de ser a cura para milhões de diabéticos) é o sexto tratamento tentado no mundo, e o primeiro a chegar à fase de testes com humanos.

The Human Trial

The Human Trial from Vox Pop Films on Vimeo

Uma descoberta como essa não poderia passar em branco e para documentar toda a história estão gravando um filme/documentário que traz à tona os custos, emocionais, físicos e financeiros de uma doença que consome aproximadamente 612 Bilhões de dolares todos os anos.

Para que o documentário, The Human Trial, possa se tornar uma realidade, os produtores contam com a colaboração de pessoas, diabéticas ou não. Você pode simplesmente doar uma quantia, ou comprar uma camiseta e/ou um poster do filme. Para saber como ajudar os caras acesse: http://thehumantrial.com/get-involved/

Os comentários estão fechados para este post.