Olá Mundo!

Controlar a glicemia e entender como o dia-a-dia interfere no nível de açúcar no sangue do diabético é essencial para uma vida saudável e prolongada.

Até hoje o controle de glicemia é feito apenas com aparelhos, os glicosímetros. Mas as informações se perdem ou se tornam demasiadamente complicadas de serem acessadas. Para contornar essa situação os médicos investem em equipamentos que são capazes de acessar as informações armazenadas nos glicosímetros, mas, para cada glicosimetro no mercado, o médico necessita de um software e um aparelho diferentes, o que torna praticamente impossível acompanhar com exatidão a evolução da doença.

Já o paciente, precisa anotar cada glicemia medida e cada injeção de insulina em um papel que geralmente fica sujo com alguma gota de sangue que sai do dedo depois do exame. Quando isso acontece, muitos pacientes acabam tendo que re-escrever todas essas informações na véspera da consulta com seu médico. Sem contar o risco de perder ou esquecer o papel em algum lugar.

Depois de passar por esses problemas diversas vezes, passei a usar uma planilha que era armazenada em um Palm T|X que eu tenho e uso até hoje. Mas não era incomum eu fazer alguma coisa errada e apagar as glicemias, ou esquecer de imprimir a planilha no dia de levar ao médico.

A solução veio quando comecei a perder o interesse pelo controle da doença. Usar a internet para armazenar as informações, transformá-las em gráficos que facilitam a leitura pelo médico e podem, ainda, estimular os pacientes a controlar melhor as glicemias, acompanhando a evolução do tratamento real-time.

Além de armazenar as glicemias e as administrações de inslunina, e cruzar em gráficos essas informações, o Glicemias Online faz muitas outras coisas para auxiliar o controle do diabético.

Por enquanto estamos em uma versão Beta para usuários selecionados, mas em breve abriremos as portas para todos os pacientes diabéticos, amigos, familiares e médicos que queiram acompanhar de perto o controle.

Se você é diabético e gostaria de fazer parte do grupo de pacientes que está fazendo os primeiros testes com o sistema, inscreva-se na home do aplicativo.

Os comentários estão fechados para este post.