O uso da bomba de insulina OmniPod

Nós do Glicemias Online somos leitores assíduos do Diabetes Daily, ontem foi publicado no site respostas para as perguntas mais comuns sobre o uso da bomba de insulina OmniPod. A autora conta que usa a bomba de insulina mas também se juntou com outro companheiro blogueiro, Scott Benner, pai de Arden de 5 anos que é diabética tipo 1 e faz uso da OmniPod para gerenciar o diabetes.

Abaixo colocaremos as perguntas respondidas pelo Diabetes Daily:

  1. Como o OmniPod é preso ao corpo? O OmniPod está ligado ao corpo da mesma forma como outras bombas de insulina. O Pod adere ao seu corpo durante todo o período de uso. Ele usa um adesivo semelhante ao usado em bombas de insulina comuns, tornando-se ideal para segurar o Pod, mesmo no caso de molhar.
  2. Será que ele fixa bem? Ele é projetado para permanecer por três dias, que é o tempo de validade dele antes de “expirar”. Você pode usa-lo por mais tempo, mas ele apita continuamente até você troca-lo. Eu realmente gostei disso, porque antes eu era ruim pra lembrar de mudar a minha bomba, quando eu precisava. Eu nunca tive um problema com ele permanecer no local. Algumas vezes eu corri para o batente da porta enquanto ele estava no meu braço e arrancou, mas tive problemas como esse enquanto a minha bomba estava no prazo também.
  3. Dói quando você coloca? A resposta curta é não. Obviamente que por ter uma agulha que fica no corpo não é totalmente indolor, mas não machuca. Alguns pontos do meu corpo são mais sensíveis do que outros (a área superior do meu braço e minha coxa geralmente doem mais), mas a maioria dos lugares que eu uso mal posso sentir.
  4. É fácil ligar o Pod no seu corpo? Sim! É muito simples de usar. Eu adoro a forma como o PDM auxilia em cada etapa, no meu próprimo ritmo. Inserir um novo Pod é muito simples, porque tudo que você faz é adesivar o Pod em seu corpo e seguir as instruções solicitadas na tela. O Pod se conecta sozinho ao corpo, deixando pouco espaço para erro. (Veja o vídeo no final).
  5. O PDM (Personal Diabetes Manager) é fácil de usar? Sim, eu achei muito fácil de usar. A tela é em cores, o que o torna muito fácil de ler. Além disso, cada comando é bastante simples de encontrar. Eles fizeram um ótimo trabalho tornando-o amigável.
  6. O meu filho pode usar um OmniPod? Sim! Quando a filha de Scott Benner, Arden, foi diagnosticada com diabetes tipo 1, Scott e sua esposa, queriam que sua filha tivesse o melhor tratamento. Quando eles descobriram o OmniPod, inicialmente eles foram desencorajados por vários profissionais de saúde. Quando não conseguiram encontrar uma razão para Arden não usar OmniPod, eles conseguiram um e nunca olharam para trás. Eles amam seu OmniPod e não tiveram problemas com isso desde que começaram a usá-lo. Arden é uma menina pequena, e eles não acharam que o tamanho do Pod é um problema. Encontrar novos espaços para inserir o Pod pode ser um desafio, mas isso vale para qualquer um que seja mais magro, incluindo adultos, e pode ser dito para qualquer tipo de bomba, e não apenas OmniPod. Como Arden cresceu, eles descobriram que mais e mais espaços estão se tornando disponíveis. Eles usam seu abdômen, bumbum, braços e pernas.
  7. O OmniPod pode ser usado por uma criança ativa? As únicas vezes que o Pod de Arden foi arrancado foi quando ela estava ?brigando? com seu irmão. Mas de acordo com seu pai, Scott, o mesmo poderia ser dito de qualquer outra bomb. Arden joga softball, faz natação e ioga e nunca teve problema com o POD saindo em qualquer de suas atividades.
  8. Quais são os contras de ter um OmniPod? Scott disse que não poderia pensar em uma razão porque você não deve ter um OmniPod e eu também não. Tem sido uma maravilhosa (e minha favorita) aquisição para o meu controle do diabetes. A única coisa que ele fez menção foram os erros do Pod, que podem ser irritante. OmniPod irá enviar-lhe um Pod substituto, basta ligar quando acontecer algum erro e eles incluem Pods extra no próximo envio. Mas minha bomba Minimed também tinha erros, isso não é algo exclusivo do OmniPod.
  9. Você pode usar o OmniPod e praticar esportes? Sim. Você pode usar o seu Pod e praticar esportes. Eu uso o meu durante a minha intensa aula de ioga aeróbica e não tive qualquer problema com ele. Eu também usei ele no snowboard, o que foi realmente ótimo. Por ser sem fio realmente faz uma grande diferença para mim, especialmente ao praticar esportes. No entanto, apenas por segurança se você está praticando esportes de contato deixe seu PDM na sua sacola de ginástica. Você não iria querer danificá-lo!
  10. É fácil esquecer o OmniPod ou ele fica te incomodando? Na verdade, há momentos em que eu estou usando que esqueço totalmente que ele existe. Ele está do meu lado agora e de vez em quando eu encosto nele e penso comigo mesma: ?Oh sim, esse é meu Pod. Não é muito grande e é fácil esquecer que você está usando. Muito mais do que a minha bomba com fio.
  11. Você pode usar o OmniPod na água? Sim, o Pod tem uma avaliação estanque IPX8 que significa que o Pod foi testado para funcionar normalmente em 25 pés de profundidade por até 60 minutos. Para estar seguro, se você pretende estar na água por um longo tempo, recomendamos que você saia ocasionalmente para se certificar de que o adesivo ainda está firmemente agarrado à sua pele. Mas para atividades do dia-a-dia como tomar banho em uma banheira ou chuveiro, você certamente pode usá-lo com segurança. É bom não ter que desligar a bomba para fazer todas essas coisas! Só mais uma coisa importante para notar é que o PDM em si não é à prova d’água, portanto o mantenha longe de água.
  12. O OmniPod pode ser usado com um CGM (Monitoramento contínuo de Glicose)? Além do meu OmniPod, eu uso um DexCom 7 para ajudar a controlar meus níveis de açúcar no sangue. Embora eles não sejam integrados, acho que ter a minha DexCom ajuda a pegar altos e baixos e me ajuda a usar o meu sistema OmniPod melhor. Eu não posso esperar até que eles sejam integrados. Um dia?
  13. O que acontece se eu deixar em casa/perder meu PDM? Já que o seu Pod não está conectado fisicamente ao seu PDM, você corre o risco de perdê-lo. Esta é uma pergunta que é feita por um monte de pessoas que estão curiosas sobre o OmniPod. A melhor resposta que eu tenho é: “Você nunca deixou seu medidor em casa ou você perdeu ele antes?” Se você respondeu sim, então eu recomendo encomendar um back-up PDM (como eu estou fazendo agora). Se você respondeu não, então você não tem que se preocupar! Apenas certifique-se que está em sua bolsa (ou bolso) quando você sair e você não terá nenhum problema. Se você perdê-lo, contate o departamento de atendimento ao cliente e eles enviarão outro para você noprazo de 24 horas. Suas taxas basal ainda serão programada no Pod, mas você não será capaz de mudá-las ou corrigir (bolus) para as refeições. Com qualquer equipamento para controle de diabetes, você sempre tem que ter certeza que está por perto.
  14. Qual é a disponibilidade de OmniPod fora dos Estados Unidos? O OmniPod está licenciado para venda no Canadá, apesar de não haver distribuição de lá ainda. Estará disponível na Europa ainda neste ano.

Veja o OmniPod em Ação Este vídeo de OmniPod dá uma visão geral, uma boa base de como o Pod funciona.


Um comentário para “O uso da bomba de insulina OmniPod”

  1. João Reis 11 September 2010 at 18:39 #

    Tenho uma filha de quase 5 anos que tem diabetes tipo 1 à 1 ano. Estamos a fazer o melhor possível para controlar as glicemias e a última HA1C foi de 6,4 %. Obviamente que não deixa de haver picos e é isso que queremos evitar, além da redução de injecções que é muito significativa. Das bombas de insulina que já pesquisei, esta parece-me a mais apelativa e mais prática. O nosso problema é que em Portugal ainda está tudo muito atrasado. Gostaria de saber quanto poderá custar uma bomba destas, quanto custam os consumíveis e que tipo de insulina se utiliza.