Insulina Inalável 2.0

Em 2006 o FDA aprovou a comercialização da Exubera, insulina inalável produzida pela Pfizer. O medicamento foi a primeira alternativa ao tratamento tradicional, injetável, aos pacientes diabéticos. Apesar de parecer revolucionária no ano seguinte foi retirada do mercado, pois a Exubera não havia encontrado a receptividade esperada.

No final de março foi públicado na revista época uma reportagem sobre um novo lançamento de insulina inalável. A nova insulina, Afrezza, produzida pelo laboratório MannKind ainda está aguardando a aprovação do FDA para ser comercializada.

A insulina é de ação-rápida, ou seja, deve ser utilizada para manter os níveis de açucar após as refeições. No mesmo modelo das insulinas injetáveis Lispro – Humalog fabricada pela Lilly ou Aspard – NovoRapid fabricada pela Novo Nordisk.

Leia a matéria completa aqui.

Um comentário para “Insulina Inalável 2.0”

  1. […] This post was mentioned on Twitter by nadia domingues, glicemias online. glicemias online said: Você trocaria a insulina injetável por insulina em pó? http://www.glicemiasonline.com.br/blog/insulina-inalavel-2-0/ […]