Estresse afeta funções cerebrais em idosos com diabetes tipo 2


De acordo com pesquisadores da Universidade de Edimburgo, Reino Unido, estresse aumenta o risco de perda de memória e declínio cognitivo em idosos com diabetes tipo 2.

Analisando 900 homens e mulheres com idade entre 60 e 75 anos com diabetes tipo 2, a pesquisa encontrou funções cerebrais mais lentas naqueles que tem altos níveis de cortisol, hormônio do estresse, no sangue.

A Perda de memória é um sintoma reconhecido entre idosos com diabetes mas até agora havia pouca evidência do por quê. “Nós sabemos que o diabetes tipo 2 está relacionado a problemas de memória, mas a razão por trás disso não é clara,” diz a autora da pesquisa Dra. Rebecca Reynolds.

Este estudo mostra que idosos com diabetes que possuem níveis mais altos de hormônio do estresse no sangue são mais propensos a desenvolver o declínio cognitivo. “Isso talvez possa ser controlado pelo nível de cortisol no sangue, nós podemos ajudar a melhorar o declínio cognitivo nos pacientes com diabetes tipo 2,” disse ela.

A pesquisa é parte do Estudo de Diabetes tipo 2 de Edimburgo, iniciado há quatro anos para melhor entender por que pessoas com diabetes podem ter problemas de memória.

Cientistas avaliaram habilidades mentais com uma série de testes, que inclui olhar para a memória e avaliar a rapidez com que os pacientes processam a informação. Eles compararam este teste com os níveis gerais de inteligência, usando testes de vocabulário, para identificar se a função cerebral nos participantes havia diminuído ao longo do tempo. Fatores como a educação, doenças cardiovasculares, tabagismo e humor também foram considerados.

Em resposta a esse estudo, Dr. Iain Frame, Diretor de pesquisas sobre Diabetes, Reino Unido, disse, “Essa pesquisa é certamente um passo à frente na área de declínio cognitivo entre idosos com diabetes tipo 2, embora seja difícil dizer quão grande é esse passo.”

“Há realmente a necessidade de pesquisa sobre a causa, e em seguida, se for encontrada uma causa, podemos começar a olhar como modificar os tratamentos para ajudar pessoas com diabetes tipo 2.”

Um comentário para “Estresse afeta funções cerebrais em idosos com diabetes tipo 2”

  1. selma ribeiro 30 May 2010 at 18:33 #

    pesquisando informaçoes da relação entre DM2 e declinio cognito encontrei esse resumo, gostei sim, bom indicador p maior aprofundamento na questao