DietSensor – facilitando a vida de quem conta carboidratos

Foram 2 ou 3 colheres de arroz? Será que essa fatia tem 60g? 

Além dessas, quem conta carboidratos, faz, diariamente várias outras perguntas similares, e as respostas é que indicam quanta insulina essas pessoas devem colocar na sua próxima injeção.

muffins

Mesmo que fiquemos atentos aos rótulos, procurando pela quantidade de carboidratos em uma porção, ou estimando essa quantidade quando os alimentos são caseiros (ou não temos os rótulos para nos guiar) a chance de que erremos são muito grandes.

E errar na contagem de carboidratos significará uma hipoglicemia ou hiperglicemia daqui algum tempo, coisas que nenhum diabético que passar.

Mas os dias das estimativas erradas parecem estar com prazo definido para terminar. Astrid and Rémy Bonnasse, pais de uma garotinha com diabetes tipo 1, construiram um dispositivo capaz de “escanear” a composição de alimentos e bebidas.

O DietSensor, foi apresentado durante a CES 2016, uma feira de tecnologia anual que acontece em Las Vegas, USA.

O dispositivo tem um preço, para pré-venda, fixado em US$ 249, e a previsão para comercialização em meados de 2016 (Estados Unidos e Canadá). Além do scanner um app mostra no smartphone as informações coletadas, e mantém um histórico da quantidade de calorias e carboidratos ingeridos.

Enquanto a cura ainda não é realidade, inovações como essa fazem a vida de nós, diabéticos, muito mais agradável. Vamos torcer para os órgãos reguladores no Brasil aprovarem o quanto antes a vinda do DietSensor.

Os comentários estão fechados para este post.